desconfiadapoesia

paris-roma-rio (breve tríptico desconfiado)

I. we'll always have

paris
não confio em poesia
que tenha a palavra "paris"

(ih, acabo de inscrevê-la
na minha. duas vezes.
merde.)

II. mirror, mirror on the wall

roma
não confio em poesia
que tenha a palavra "----"

(otiej mu ád erpmes ale sam
rartne ed.)

III. resistance is futile

rio
não confio em poesia
que tenha palavra

(palavra
que não.)

---

5 comentários:

Carolina disse...

não entendi muito bem, mas ADOREI!

Bel Boucher disse...

"Paris, Paris, je t'aime/
mas eu sou muito mais o Leme!"

Eu confio nessa rima.
:-)
OK, talvez desconfie dela também.
Mas é que é tão boa...

Dimitri BR disse...

xi carol, e eu que pensava em pedir pra você me explicar =D

touché bel! nessa rima eu confio plenamente, volta e meia começo a cantar essa música (quase sempre emulando a peculiar interpretação da grande elba ramalho).

[ps: a propos, bel, é 'eu gosto muito mais do leme'; 'sou mais' seria até mais carioca, mas não caberia na métrica ;]

beijos para ambas!

Homem de Azul disse...

O Leme é o que há ;)

Dimitri BR disse...

haha falou com conmhecimento de causa.