pqp

eis que, por volta das 5 da manhã, eu resolvo acessar o excelente porta-curtas , coisa que não fazia há meses.

daí eu decido a esmo assistir a um filme da lista dos 5 de melhor avaliaçào por parte do público (para mais sobre a influência do "gosto geral" sobre a escolha de cada um, catalisada por esse tipo de ranking, recomendo este artigo que a Graziela me indicou ontem).

...e aí olha só o argumento do filme:

a menina de um casal resolve morar na França, para onde o cara deverá seguir também, em poucos meses - tão logo junte 1200 dólares para a passagem. daí o tempo passa, a situação dele no Brasil muda, a dela na França se estabiliza; eles sentem saudade, ficam divididos, ela sente solidão, ele desiste da idéia de se mudar, mas custa a admitir, eles sentem tesão à distância, eles ficam com outras pessoas, sempre tendo o outro como referência, e trocando muitas cartas, uns poucos telefonemas, vídeos, fitas k7 (não tem email na história, que se passa entre 89 e 94). depois de muito sofrimento, acabam se separando e ficando 5 anos sem se ver.

tudo bem, depois ela volta, e fica subentendido que os dois ainda queriam tentar ficar juntos - os dois, e o filho francês de 2 anos dela, detalhe.

tudo bem, MAS convenhamos: e eu lá precisava assistir isso?!

...francamente, eu devia ter ficado vendo Telecurso 2000.

putaquepariu.

---

bons dias paratodos.

5 comentários:

Graziela disse...

...mas ninguém escreveu o final da nossa história ainda.

blogbel disse...

ai, tive que rir...
desculpa.

Dimitri BR disse...

tá perdoada, Bel, tá perdoada...

:P

blogbel disse...

Do jeito que você contou, mais pareceu uma comédia. E, como toda comédia romântica tem um final feliz, vocês não deveriam ficar preocupados!
:-)

Dimitri BR disse...

:]

ainda mais porque a nossa é uma história sem fiiim!